du.sePublications
Change search
CiteExportLink to record
Permanent link

Direct link
Cite
Citation style
  • apa
  • ieee
  • modern-language-association-8th-edition
  • vancouver
  • chicago-author-date
  • chicago-note-bibliography
  • Other style
More styles
Language
  • de-DE
  • en-GB
  • en-US
  • fi-FI
  • nn-NO
  • nn-NB
  • sv-SE
  • Other locale
More languages
Output format
  • html
  • text
  • asciidoc
  • rtf
Ficção de fãs (fan fiction) na internete como espaço de resistência: Uma Utopia Queer
Dalarna University, School of Humanities and Media Studies, Portuguese. (Literature, Identity and Transculturality)ORCID iD: 0000-0003-2008-4873
2018 (Portuguese)Conference paper, Oral presentation with published abstract (Refereed)
Abstract [pt]

Partindo do contexto da “fandom culture”, esta comunicação incide a atenção nos subgéneros de ficção de fãs,“fan fiction”, que se concentram em contestar géneros sexuais fixos e posições de sujeito disponíveis na sociedade normativa. A partir do conceito de re-escrita, analisa-se um corpus de textos de ficção de fãs em Português (do Brasil e Portugal), publicados na  página “Archive of Our Own”. Estas ficções reelaboram e reinventam clássicas narrativas de heteronormatividade, colocando as suas personagens favoritas em cenários alternativos, desta forma explorando o que significa ser queer, em termos de agência individual e de poder.

A “Fandom culture” é uma subcultura transnacional que se tem desenvolvido explosivamente na internet, durante as últimas décadas. Estudos anteriores concluíram que a atividade transcultural de ficção de fãs conduzida na internet, representa uma cultura altamente interactiva, que além de funcionar como uma escola de escrita criativa (com “beta readers” e “feedback” dos outros fãs), também influencia positivamente a formação de identidades, habilidades sociais e aprendizagens culturais. Uma vertente, particularmente forte, entre os subgenéros de ficção de fãs é, precisamente, o “slash” (same pairing): o emparelhamento sexual ou romântico  entre dois personagens do mesmo sexo  que na história original são heterossexuais.

Ao reelaborar as narrativas canónicas favoritas e os seus personagens preferidos, os escritores/fãs inscrevem-nos em novos situações e subjectividades que desafiam os discursos de heteronormatividade, deste modo configurando os elementos para uma utopia queer.

Place, publisher, year, edition, pages
2018.
Keywords [pt]
Ficção de fãs / espaços de resistência/utopias queer
National Category
Languages and Literature
Research subject
Intercultural Studies
Identifiers
URN: urn:nbn:se:du-29037OAI: oai:DiVA.org:du-29037DiVA, id: diva2:1269156
Conference
International Conference Queering Luso–Afro–Brazilian Studies, University of Porto, 1-2 June 2018
Available from: 2018-12-09 Created: 2018-12-09 Last updated: 2018-12-10Bibliographically approved

Open Access in DiVA

No full text in DiVA

Authority records BETA

Edfeldt, Chatarina

Search in DiVA

By author/editor
Edfeldt, Chatarina
By organisation
Portuguese
Languages and Literature

Search outside of DiVA

GoogleGoogle Scholar

urn-nbn

Altmetric score

urn-nbn
Total: 13 hits
CiteExportLink to record
Permanent link

Direct link
Cite
Citation style
  • apa
  • ieee
  • modern-language-association-8th-edition
  • vancouver
  • chicago-author-date
  • chicago-note-bibliography
  • Other style
More styles
Language
  • de-DE
  • en-GB
  • en-US
  • fi-FI
  • nn-NO
  • nn-NB
  • sv-SE
  • Other locale
More languages
Output format
  • html
  • text
  • asciidoc
  • rtf